Kit gerador de energia solar fotovoltaica: o que você precisa saber

Mário Viana, head de comercial e vendas na Sou Energy, explica o que deve ser levado em consideração na hora de comprar um kit gerador


Kit gerador

Um kit gerador de energia solar é composto por vários equipamentos e alguns são essenciais para garantir a geração e a vida útil desse gerador. Por isso é preciso atenção na hora de realizar a compra do gerador de seu cliente, observando detalhes como:

  • Garantia dos equipamentos – quanto maior, melhor; 
  • Porte e experiência da distribuidora na qual a compra será efetuada – verifique a lista da Greener;
  • Proximidade da distribuidora;
  • Se o distribuidor oferta os kits de forma completa e personalizável;
  • Se o distribuidor oferece suporte técnico 7 dias por semana;
  • Se o distribuidor oferece forma de pagamento em múltiplos cartões de crédito sem juros;
  • Se o frete inclui o descarregamento;
  • Se o distribuidor retém algum percentual do repasse;
  • Valor dos equipamentos – se é competitivo.

Para ajudar a entender sobre como efetuar melhor a compra dos equipamentos, Mário Viana, head de comercial e vendas na Sou Energy, deu algumas dicas para o blog da SolarZ. Confira:

Os equipamentos compõem o kit gerador de energia solar

Mário Viana explica que o kit gerador é composto por equipamentos como:

  • Painéis;
  • Inversor;
  • Estrutura para suportar os módulos;
  • Proteções CC (corrente contínua) e CA (corrente alternada);
  • Cabos de corrente contínua e corrente alternada.

Quanto à questão da estrutura para suportar os painéis, ela varia de acordo com o tipo de telhado e telha. Existe uma estrutura específica para cada tipo. O Integrador deve pedir auxílio ao seu consultor na distribuidora para ajudar a definir a melhor solução.

As estruturas de solo também podem variar bastante. Existem empresas que trabalham com alvenaria ou madeira. Porém, Mário Viana afirma que a Sou Energy trabalha com estruturas metálicas e de fibra de vidro, porque a resistência mecânica é muito grande e elas possuem uma maior longevidade, uma vez que não sofrem oxidação ao longo do tempo.

Kits geradores que mais são vendidos

Mário Viana explica que a maior parte dos kits geradores de energia solar vendidos, são para sistemas em redes monofásicas. Existe uma grande demanda de utilização de microinversores para esse tipo de sistema. Já os inversores de String são os de maior penetração no mercado, por possuírem menor custo por kW.

O custo médio de um kit gerador de energia solar para cada tipo de usina

Para o head do comercial da Sou Energy, o custo do kit gerador de energia solar no mercado depende muito do tipo de telhado e das especificidades do inversor e de sua faixa de potência.

Geradores muito grandes possuem um custo por kWp um pouco menor. Mas o mercado trabalha o custo do kWp entre R$ 4.500 a R$ 6.500, de acordo com as particularidades que esse sistema vai requerer. Trata-se de uma decisão muito técnica, mas o custo do kWp instalado fica nessa média.

Os critérios de qualidade que devem ser considerados na hora de escolher um distribuidor para fechar negócio

O Brasil possui uma boa variedade de distribuidores. Entretanto, a Greener possui uma lista de qualificação, com o top 10 dos melhores distribuidores, que são aqueles que estão há mais tempo no mercado, possuem maior expertise e capacidade de produção e entrega.

É muito importante que o integrador descubra qual o distribuidor que oferece mais valor para ele. Em uma relação comercial duradoura, o que menos importa é o preço.

Primeiramente, é essencial procurar por um distribuidor que esteja por perto, pois caso ocorra algum problema com o equipamento, é mais fácil lidar com a situação se a compra for feita em uma região próxima, pensando na logística.

“Uma coisa é tratar um problema estando no Nordeste, comprando com um distribuidor do Nordeste, e outra é tratar deste mesmo problema comprando de um distribuidor de outra região. A distância interfere no ir e vir de um equipamento em caso de pós-venda”, explica Mário Viana.

Ele afirma que o ideal é que o integrador procure um distribuidor que ofereça suporte técnico 7 dias por semana e que tenha um time de suporte aos financiamentos. Além das vantagens citadas, a Sou Energy é uma das empresas que oferece serviços como:

  • Suporte técnico 7 dias por semana;
  • Zero de retenção de repasse;
  • Descarregamento em obra;
  • Personalização completa do kit fotovoltaico.

O distribuidor precisa ter um preço competitivo no mercado, não necessariamente o menor preço, mas é preciso oferecer serviços que ajudem o dia a dia do negócio do integrador.

É comum que um integrador compre de vários distribuidores, mas ele precisa construir com um ou dois distribuidores uma parceria mais forte para que conquiste volume e representatividade com eles. 

Outro ponto fundamental, é buscar por distribuidoras que facilitem as formas de pagamento do cliente final. A Sou Energy realiza vendas em até 12x no cartão de crédito, sem juros. Para sistemas monofásicos, o cliente não precisa depender de crédito junto às financeiras. Pode comprar parcelado em até 4 cartões de crédito diferentes e dividir em 12 parcelas sem juros.

A Sou Energy realiza algumas ações como o planejamento comercial do integrador, pensando no quanto este integrador pretende faturar no ano e como ele irá construir esse faturamento. Inclusive, mensurando quantos vendedores ele precisará no time para alcançar essa meta.

São feitas ações para potencializar o resultado do negócio do integrador, como forma de gerar uma relação de reciprocidade. Na visão de Mário Viana, o papel de uma distribuidora vai muito além do que simplesmente importar e distribuir. Ela deve trabalhar para ser uma plataforma de soluções, ensinando o caminho das pedras e facilitando a vida de seus integradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.