Como uma plataforma de monitoramento de usinas solares pode auxiliar nas vendas dos sistemas fotovoltaicos

Carlos Gomes, CEO da SunNorte Solar, destaca que apresentar uma plataforma de monitoramento de usinas solares ao cliente, durante o processo de vendas, ajuda a fechar negócio.


O monitoramento de usinas solares é essencial para toda integradora que pretende realizar um pós-venda, fornecendo uma ótima assistência ao cliente. Contudo, muitas empresas esquecem de destacar isso na hora da venda e apresentar como um diferencial de qualidade do seu produto/serviço.

Carlos Gomes, CEO e fundador da SunNorte Solar, destaca sobre a importância de explicar ao cliente como o monitoramento solar é realizado. Para ele, isso passa segurança durante a negociação e ajuda a convencer o cliente de fechar a compra.

A implementação da plataforma de monitoramento de usinas solares pela SunNorte

A SunNorte Solar está no mercado fotovoltaico desde 2019 e fica localizada em Parauapebas – PA. Carlos Gomes afirma que a maior preocupação da empresa está em oferecer o máximo de qualidade para os clientes. Por isso, sempre buscou ferramentas que auxiliassem a melhorar o produto/serviço fornecido e passou a compreender a importância da realização do pós-venda. Para ele, a empresa que não estiver disponível para dar uma assistência ao cliente, irá sair do mercado.

Na busca por ferramentas que suprissem as necessidades diárias de acompanhamento aos clientes, Carlos descobriu a SolarZ, por indicação de um amigo. Foi quando resolveu investir na plataforma de monitoramento de usinas solares, para garantir a realização de um pós-venda que ofereça qualidade e segurança ao consumidor.

O uso da plataforma SolarZ para auxiliar nas vendas

Além de ajudar a melhorar a experiência do cliente, o monitoramento das usinas solares se tornou uma ferramenta poderosa para o prospecto, na visão do CEO da SunNorte, ajudando a trabalhar o lead.

 O aplicativo da SolarZ é instalado nos celulares dos vendedores e apresentado aos clientes, enquanto a venda ainda está em negociação. Para Carlos, a ferramenta é muito importante para ajudar a fechar negócio.

A energia solar requer um investimento alto e quando o cliente é residencial, a preocupação principal dele é com o pós-venda. Caso seja oferecido esse suporte por meio da plataforma, o cliente fica mais seguro.

“Quando vamos entregar o sistema para o cliente, levamos a nota fiscal, o contrato e um relatório da usina dele, para mostrar como funciona. Isso gera uma confiança incrível. E todos os clientes que usam a SolarZ dão a nota máxima para a plataforma”, explica Carlos Gomes

Com a venda efetuada, são oferecidos dois meses de uso gratuito do aplicativo SolarZ, para que o cliente possa utilizar as funcionalidades disponíveis e acompanhar sua usina. Assim, ele se familiariza com a ferramenta e normalmente tende a fechar contrato para continuar utilizando, de modo que gere receita recorrente para a integradora.

A expansão do setor de pós-venda da empresa com a plataforma de monitoramento de usinas solares

Para a SunNorte Solar, o pós-venda oferece muita vantagem com a geração de receita recorrente. Bem como, por meio da satisfação do cliente, que impulsiona as vendas por indicação. Ao enxergar essas vantagens, a empresa está buscando investir mais nesse setor.

O projeto visa passar a atender sistemas fotovoltaicos que não sejam de clientes da SunNorte Solar, oferecendo um monitoramento. Para Carlos Gomes, essa é uma forma de dar assistência, inclusive, na troca de peças e nos reparos que os sistemas possam vir a exigir.

Para ele, mesmo que uma empresa de energia solar não esteja precisando de um pós-venda, vai chegar um determinado momento em que o cliente precisará da assistência. Portanto, será necessário ter alguém acompanhando o sistema para ver sua geração e identificar possíveis problemas que possam ocorrer.

Como treinar a equipe de pós-venda

O primeiro passo da SunNorte Solar para treinar a equipe pós-venda foi oferecer o material disponibilizado pela SolarZ, disponível nas redes sociais e no portal, para esclarecer dúvidas. Carlos acredita que esse conteúdo ajuda a realizar o processo de pós-venda sem muita burocracia.

Hoje o treinamento é muito prático e funciona de forma virtual. É repassado para a equipe o que precisa ser estudado e os resultados que devem ser obtidos. Bem como, disponibilizam o acesso à plataforma, que na visão de Carlos, possui uma fácil identificação de cada proposta. A SunNorte tem um funcionário exclusivo para trabalhar com o pós-venda e visa contratar, em breve, outra pessoa para auxiliar no setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.